quarta-feira, 25 de setembro de 2013

No canto da noite, enquanto no meu canto, eu descubro um bom canto e esse é o meu encanto. Seja como for, seja o canto do banheiro ou o canto das minhas cordas vocais, mas o bom mesmo é o encanto do canto do meu quarto.
Contanto que enquanto os cantos nas esquinas, nos bares a vozes entoam cantos. Elas não são reais, são? Outros são tão lindos quanto os meus cantos, ou melhores até. Que meu canto encantado seja igualado a todos os cantos no canto do meu quarto.
Apenas meu. As minhas vozes. Eles estão aqui, agora silencio.

Drica Ponciano

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.

Google+ Followers

Follow by Email

Follow by Email

Marcadores

Seguidores

Pesquisar este blog