segunda-feira, 16 de maio de 2011
Por acaso, te encontrei.
Mas nunca pensei que isso um dia poderia acontecer...
Você era apenas um conhecido, o amigo de uns amigos.
Quem sabe um dia, seria o meu amigo.
Mas nunca pensei... Em você.
Por acaso, te encontrei.
Reencontrei.
Mas nunca pensei que isso um dia poderia acontecer...
Nunca pensei em você.
Aconteceu.
Por acaso te reencontrei.
Entre conversas, e conversas,
e você me fez sentir tão bem, me fez pensar, além...
Hoje não deixo de pensar... Em você.
Pensar em te rever, e talvez,
pensar em fazer acontecer,
tudo outra vez.
Poder me sentir outra vez, bem.
Mas você está longe, longe de mim.
As vezes tão perto, perto de meus pensamentos.
Talvez um dia, perto dos meus sentimentos.
Mas você está longe, longe de mim.
Eu penso em você,
penso seriamente, em te rever.
Poder mas uma vez, te tocar...
Mas uma vez poder de abraçar, poder te beijar...
Estive pensando, gostei mesmo de você.
Mas eu nunca consegui de verdade esquecer.
Nunca pensei que isso um dia poderia acontecer...
Volta, e me faz pensar somente em você.



4 comentários:

  1. uau!!! mto show!
    Belo jogo de palavras, hipnotizante.
    Comecei achando chato e terminei achando o máximo,
    Parabéns!!!

    A questão do pensamento, do sentimento exposto se perde diante da contrução do poema, fica menos importante que a forma em si.
    Bem legal.

    Vou nessa,
    Abrços!!!

    http://redutonegativo.blogspot.com
    http://cafeeagua.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito legal. Parabéns

    ResponderExcluir
  3. Muito legal o seu texto!
    E o template tbm, muito original!
    curti!

    Atualizado

    Corre lá

    http://joycebc.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. nossaaaaaaaaaaa q legal o texto, sentimento verdadeiro show ;)

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.

Google+ Followers

Follow by Email

Follow by Email

Marcadores

Seguidores

Pesquisar este blog